Sense8: A série do momento!

0
41
views

A primeira coisa que você tem que saber é que o nome da série se pronuncia “Sensate” e não Sense Oito, né amigão! Mas vamos voltar a série, afinal a pronúncia é o menos importante não é mesmo?

Bom, depois de tantas perguntas FINALMENTE RESOLVI FALAR SOBRE SENSE 8 o/

Sei que muita gente já falou dessa série (MARAVILHOSA), mas mesmo assim resolvi dar meu parecer.

Logo quando estreou e eu fiz questão de ver tudo bem rapidinho pra não correr o risco de ler spoiler, confesso que fiquei bem fissurada e terminei tudo em uns 2 dias (um dos pontos legais das séries da Netflix é que todos episódios saem no mesmo dia).

Toda vez que alguém me perguntava sobre a temática da série eu explicava do mesmo jeito:

VOCÊ JÁ ASSISTIU AO FILME JUMPER?

Jumper é um filme de 2008, dirigido por Doug Liman e estrelado por Hayden Christensen e a lindíssima Rachel Bilson (impossível você não lembrar dela).

O filme mostra um rapaz que é capaz de se teletransportar (assim como o Noturno do X-Men) e é perseguido por uma organização secreta (os Paladinos) que tem intenção de matá-lo, eles têm sido caçadores de Jumpers por séculos. Então se você já viu esse filme você já sabe metade do enredo de Sense8.

hayden-in-jumper-o

Sense8 é uma série norte-americana de ficção dramática original da Netflix, criada pelos Wachowski (os irmãos Luna e Andy, de Matrix) que conta a história de oito pessoas, Will (Brian J. Smith), Riley (Tuppence Middleton), Capheus (Aml Ameen), Sun (Donna Bae), Lito (Miguel Ángel Silvestre), Kala (Tina Desai), Wolfgang (Max Riemelt) e Nomi (Jamie Clayton) ao redor do mundo, que são conectadas mentalmente após Angélica (Daryl Hannah) “dar à luz”, ativando assim, suas conexões psíquicas. Como em Jumper eles podem se teletransportar (só que apenas mentalmente) e também são perseguidos por um grupo secreto, os Whispers, que usa o mesmo poder “sensate” para ganhar acesso total a seus pensamentos/visões, mas que pouco se sabe até então.

cap1

Tá, mas se só a temática não te convenceu vamos a outros pontos importantes:

A série tem uma direção de fotografia incrível, mostra a beleza de lugares completamente diferentes do mundo como Berlim, Cidade do México, Chicago, São Francisco e etc, fazendo você viajar, literalmente, sem sair de casa.

A série também aborda temas importantes como a sexualidade. Tem casal pra qualquer tipo de gosto: casal hétero, casal gay e casal lésbico. Eu não poderia mentir e falar que esse ponto não foi o que mais me chamou a atenção. Nomi Marks (uma dos sensates), é uma hacktivist, TRANS LÍNDISSIMA e LÉSBICA, que me abriu os olhos sobre a diferença entre orientação sexual e gênero.

Além disso a série conseguiu tratar com muita sensibilidade e de modo bem natural a orientação sexual dos personagens. O QUE É MARAVILHOSO, porque SIM as pessoas são mais relevantes que sua ORIENTAÇÃO SEXUAL, além da representatividade e da visibilidade ser extremamente importante. Vale dizer que a atriz Jamie Clayton também é trans, assim como Lana Wachowski, uma das criadoras da série.

collage

Eu nem preciso dizer que ela é meu personagem preferido né?

E também não poderia deixar de falar sobre o empoderamento feminino, outro ponto importante e sútil na série. Temos a Kala, que se formou na faculdade diferente de muitas mulheres indianas, e a Coreana Sun que sofre com a sociedade machista, mas é uma super lutadora.

maxresdefault

Enfim se você gosta de conspirações garanto que depois de assistir tudo você vai ficar criando várias teorias pra tentar entender o que são os Sensates e os Whispers, e vale também chamar os amigos pra ver e deixar eles na ansiedade para a segunda temporada como a gente né!

A série já foi renovada e a segunda temporada já foi confirmada, mas nos falaremos antes disso okay?

Não deixe de dar seu feedback e curtir a página no Facebook. Conta pra mim o que você achou!

Fontes:

Wikipedia / Mais Magenta / Entre Toda as Coisas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here